central-de-consultas-logotipo-19-anos

Quando procurar um ortopedista?

O QUE FAZ UM ORTOPEDISTA?

 

O ortopedista é o médico que cuida do sistema locomotor humano. Esse especialista pode fazer o diagnóstico, tratamento e acompanhamento de condições que atingem ossos, tendões, ligamentos, articulações, músculos e cartilagens.

 

É um médico que cuida de traumas, lesões, doenças degenerativas e ainda pode fazer cirurgias e participar de tratamentos de reabilitação. Além disso, o ortopedista trabalha em acompanhamento a outros profissionais de saúde, como fisioterapeuta e reumatologista.

 

Em seguida, você vai saber quando é o momento de procurar um ortopedista e uma clínica ortopédica.

 

Na Central de Consultas, você pode fazer exames de Ortopedia, mesmo quando o pedido foi emitido em outras clínicas e hospitais. Agende sua densitometria óssea ou cintilografia óssea pelo site centraldeconsultas.med.br ou telefone e WhatsApp (51) 3227-1515.

 

QUAIS TIPOS DE ORTOPEDISTA EXISTEM?

 

Para a formação de ortopedista são necessários 3 anos de residência em Ortopedia e Traumatologia, após a graduação em medicina. Em seguida, o médico pode escolher uma parte específica do aparelho musculoesquelético para se especializar.

 

Existem diferentes tipos de profissionais de Ortopedia, como, por exemplo:

  • Ortopedista especialista em coluna;
  • Ortopedista especialista em pescoço;
  • Ortopedista especialista em ombro e cotovelo;
  • Ortopedista especialista em quadril;
  • Ortopedista especialista em joelho;
  • Ortopedista especialista em pé e tornozelo;
  • Ortopedista especialista em cirurgia de mão e microcirurgia;
  • Ortopedista pediátrico;
  • Ortopedista oncologista;
  • Ortopedista esportivo;
  • Ortopedista especialista em cirurgia do trauma;
  • Ortopedista especialista em reconstrução e alongamento ósseo.

 

O médico especializado em Ortopedia faz consultas e cirurgias. É um profissional que pode trabalhar em hospitais, clínicas, ambulatórios, postos de saúde, pronto socorro e centros cirúrgicos. Além disso, pode atuar em oficinas de prótese, em clubes e associações esportivas e no acompanhamento de atletas profissionais.

 

QUANDO PROCURAR UM ORTOPEDISTA?

 

Após acidentes e traumas

 

Existem muitas situações que podem necessitar do acompanhamento de um ortopedista. Primeiramente, você deve procurar uma clínica ortopédica em caso de acidentes, quedas, torções ou traumas no sistema locomotor.

 

Em algumas situações, após alguma lesão, o indivíduo pode não ter dores ou ter algum desconforto aparentemente leve. Assim, é possível que a pessoa pense que o incômodo é passageiro e descarte uma condição de saúde mais grave.

 

Contudo, pequenos sinais que parecem inofensivos ou corriqueiros (como hematomas, vermelhidão) podem ser um alerta. Por isso, consultar um ortopedista é importante após alguma lesão nos ossos e músculos. Afinal, fraturas, luxações, entorses, rupturas nos ligamentos e cartilagens são problemas que podem ocorrer após quedas, batidas e outros acidentes.

 

Existem também outras razões para buscar um ortopedista e uma clínica ortopédica. Por exemplo:

  • Inchaço nos ossos, tendões, músculos, articulações, ligamentos ou cartilagens;
  • Calor ou frio nas articulações;
  • Formigamentos pelo corpo;
  • Rigidez matinal nas articulações;
  • Dificuldade na movimentação ou flexibilidade de alguma parte do corpo;
  • Dores que pioram com determinados movimentos.

 

Problemas na coluna vertebral

 

Também é recomendado agendar uma consulta de Ortopedia em caso de dor na coluna. Esse desconforto pode ser momentâneo, decorrente de má postura ou excesso de exercícios físicos. Contudo, há risco de ser um sintoma de fratura, hérnia de disco, artrite, escoliose ou bico de papagaio.

 

O tipo de dor varia conforme o problema. Por exemplo, pode ser na parte superior ou inferior das costas, pode irradiar para outras partes do corpo etc. Além desse incômodo, é possível que haja deformidades nos ossos ou músculos, espasmos, queimação, entre outros sintomas. Portanto, a consulta com médico ortopedista é essencial para a realização do diagnóstico correto e tratamento adequado.

 

Deformidades e lesões nos membros

 

Além de problemas na coluna, dores, incômodos, deformações e inchaços em outras partes do corpo, também são tratadas por ortopedista algumas condições que afetam mãos, punhos, cotovelos, ombros, pescoço e pés, tais como:

  • Dedo em gatilho;
  • Dedo em botoeira;
  • Tendinite;
  • Epicondilite lateral (cotovelo de tenista);
  • Esforço repetitivo;
  • Bursite;
  • Torcicolo;
  • Fascite plantar (inflamação do tecido que vai do osso do calcanhar aos dedos do pé);
  • Calosidade nos pés;
  • Joanetes;
  • Dedo em garra.

 

Doenças autoimunes

 

Doenças e desgastes nos ossos, articulações e cartilagens, como osteoporose, artrite e artrose (osteoartrose) também precisam de acompanhamento ortopédico.

 

Estas são condições autoimunes que devem ser tratadas por ortopedista em conjunto com um médico reumatologista. Ademais, outras especialidades podem fazer parte do tratamento (como endocrinologistas, em caso de osteoporose). Idosos e pessoas com histórico familiar dessas patologias devem ficar alertas e fazer consultas ortopédicas regulares.

 

Por sua vez, há outras doenças que servem de alerta para complicações ortopédicas, como diabetes. A patologia é um fator de risco para osteoporose. Ainda, quando em estágio avançado e sem tratamento, causa pé diabético. Ou seja, feridas que não cicatrizam, provocam infecções e, em estado crítico, podem necessitar de amputação do pé ou perna. Sendo assim, pessoas com diabetes devem fazer consultas e exames de Ortopedia com frequência.

 

Lesões no sistema locomotor na infância

 

Crianças e adolescentes também podem precisar fazer acompanhamento com ortopedista. O diagnóstico e o tratamento precoces são essenciais em caso de doenças congênitas ou patologias comuns na fase de crescimento. Algumas condições tratadas por médico ortopedista pediátrico são:

  • Torcicolo congênito;
  • Fraturas na placa de crescimento;
  • Pé torto congênito;
  • Pé plano rígido (pé chato);
  • Luxação congênita do joelho;
  • Luxação congênita do quadril;
  • Displasia do desenvolvimento do quadril;
  • Doença de Legg-Calvé-Perthes (destruição da articulação do quadril);
  • Desvios da articulação do joelho (joelhos em varo ou joelhos em valgo);
  • Doença de Blount (alteração no desenvolvimento da tíbia, osso da canela);
  • Alterações nos dedos, como sindactilia (união de dois ou mais dedos) e polidactilia (mais de cinco dedos em uma mão ou pé).

 

Sintomas de câncer no sistema locomotor

 

Por fim, é necessário procurar um ortopedista e uma clínica ortopédica quando há sinais de câncer nos ossos, músculos, tendões e cartilagens. Os tumores são chamados de sarcomas e são divididos em dois tipos diferentes: ósseos e de partes moles.

 

Alguns sintomas de sarcomas ósseos e sarcomas de partes moles são:

  • Dores na região afetada (ossos, articulações, músculos etc.). No câncer dos ossos, o incômodo piora à noite ou durante alguns movimentos;
  • Sensibilidade, inchaço, nódulo ou massa palpável na área do tumor (coluna, pernas, braços, quadril, crânio, tórax etc.);
  • Vermelhidão e calor nas articulações;
  • Formigamento e dormência;
  • O câncer nos ósseos causa fraturas espontâneas. Às vezes, as fraturas são percebidas após uma dor súbita na região afetada.

 

Outros sinais da patologia são febre, cansaço excessivo, perda de peso e dificuldade de locomoção. Quando atinge os pulmões, o sarcoma ósseo também causa falta de ar. Já quando os tumores afetam os intestinos (comum no sarcoma de partes moles), os sinais são vômito e fezes escuras e sanguinolentas.

 

As causas do câncer do sistema locomotor ainda não são totalmente conhecidas pela medicina. Contudo, os fatores de risco mais comuns são alterações genéticas e exposição à radiação e agentes químicos.

 

Onde se consultar ou fazer seus exames?

 

Na Central de Consultas, você pode realizar exames de Ortopedia, mesmo quando o pedido foi emitido em outras clínicas e hospitais. Agende sua densitometria óssea, raio X, ecografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada ou cintilografia óssea.

 

Além disso, consultas de Traumatologia são recomendadas, especialmente quando se apresentam sintomas como dores após quedas ou acidentes. Além disso, em caso de fatores de risco para osteoporose, é possível marcar um atendimento de Reumatologia. Agende seus exames e consultas pelo site centraldeconsultas.med.br ou telefone e WhatsApp (51) 3227-1515.

 

Aproveite para conhecer a rede de benefícios Dr. Central. Ganhe descontos em consultas, exames e compre produtos em farmácias e lojas parceiras pelo menor preço. Faça a sua assinatura a partir de R$30,00. Para saber mais, basta ligar para (51) 3092-6060 ou chamar no WhatsApp (51) 98977-2610.

 

Compartilhar: